domingo, 14 de julho, 2024

Logo Jornal Folha do Araguaia

Publicidade

Especialista diz que calor em MT pode chegar a 50°C em até 20 anos

Por G1 MT
20/10/2023 às 08h12
| Atualizado em 20/10/2023 às 09h02
2023102008140274be16979710d4c4e7c66478560884569212950547972701367

Cuiabá é conhecida como uma das capitais mais quentes do país e já bateu inúmeros recordes quando o assunto é altas temperaturas. Agora imagine, daqui a cerca de 20 anos, ter que sobreviver sob uma temperatura de até 50°C. Cuiabá bate novo recorde de calor com 42,2°C, diz inmet

O professor de física ambiental, Sérgio Roberto de Paulo, apontou essa possibilidade durante o evento ‘Caminhos do Conhecimento do Pantanal’, que aconteceu nesta quinta-feira (19) na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Ele destacou que as próximas gerações devem se preparar para um cenário onde irão conviver com temperaturas cada vez mais intensas. Segundo o especialista, ao contrário do que muitos acreditam, o fenômeno El Niño não tem relação direta com esse aumento do calor na região Centro-Oeste.

Segundo Sérgio Roberto, os principais fatores que explicam essas altas temperaturas são o quadro mundial de aquecimento global e também o desmatamento da Amazônia.

Sérgio explicou ainda que as chuvas na Amazônia, grandes quantias de agua sobem à atmosfera, irrigando maior parte da produção agrícola e amenizando ondas de calor através das chuvas.

“Desmatar a Amazônia significa que teremos menos água chovendo, a cada ano, na nossa região. Com menos chuvas, a temperatura fica mais intensa”, disse.

De acordo com ele, a saída, pode estar na mudança do tipo de agricultura, como o uso de plantações em prédios ou andares, aumentando a produtividade por hectare.

O professor também reforça que ações de reflorestamento dos hectares devem ser iniciadas, na tentativa de reverter a tendência de um cenário com temperaturas insuportáveis em até 20 anos.

Cuiabá bateu o novo recorde de calor, na tarde dessa quarta-feira (18), com 42,2°C. A onda de calor que se instala sobre o Centro-Oeste elevou um pouco mais as temperaturas no estado. O último registro de dia mais quente do ano foi feito no dia 11 de setembro, com 41,6°C.[O alerta deve seguir até sábado (21). — Foto: Victória Oliveira]O alerta deve seguir até sábado (21). — Foto: Victória Oliveira

Entenda a nova onda de calor

Há dois dias, a Defesa Civil de Mato Grosso e o Inmet emitiram um alerta de altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar. O estado pode atingir uma temperatura 5ºC acima da média. O alerta deve seguir até sábado (21).

A atuação de um bloqueio atmosférico e áreas de baixa pressão térmica na Argentina impedirá o avanço de frentes frias pelo país nos próximos dias, com exceção do estado do Rio Grande do Sul.
Isso resultará em uma longa sequência de dias ensolarados e temperaturas acima do normal para esta época do ano na maior parte do país.

O calor será persistente e intenso, especialmente em áreas como o interior de Santa Catarina, o estado do Paraná, grande parte da Região Sudeste, o Centro-Oeste, o interior do Nordeste e em estados como Rondônia, Tocantins.
Áreas do centro-sul do Pará e centro-leste do Amazonas também serão afetadas.

Publicidade

Destaques

Agronegócio, Outras Notícias
Sicredi Araxingu forma mais de 250 pessoas no Crescer e Educação Financeira na fazenda Itaquerê
Canarana MT, Polícia
Atualizada – POLÍCIA CIVIL, APÓS INTENSO TRABALHO INVESTIGATIVO, ESCLARECE MORTE DE CRIANÇA DE SETE MESES
Outras Notícias, Política
Veja o que muda com o novo ensino médio aprovado pelo Congresso
Polícia
PJC deflagra operação contra exploração sexual de crianças e adolescentes em Paranatinga
Polícia
Trabalhador é encontrado morto 2 meses após desaparecer ao perder R$ 200 mil no Jogo do Tigrinho
Polícia
Mãe é detida após oferecer bebida alcoólica para filha de 8 anos na Expovale de Água Boa

Publicidade

Notícias Relacionadas

amp-Sirene1002-copia59-2

Destaque

Atualizada – POLÍCIA CIVIL, APÓS INTENSO TRABALHO INVESTIGATIVO, ESCLARECE MORTE DE CRIANÇA DE SETE MESES

11/07/24 18:18
Viaturas-operacionais

Destaque

PJC deflagra operação contra exploração sexual de crianças e adolescentes em Paranatinga

10/07/24 17:13
10074227_f81d0e23dc

Destaque

Trabalhador é encontrado morto 2 meses após desaparecer ao perder R$ 200 mil no Jogo do Tigrinho

10/07/24 16:54