terça-feira, 23 de julho, 2024

Logo Jornal Folha do Araguaia

Publicidade

Mãe e padrasto confessam ter matado menina de 3 anos em Santa Catarina

Segundo delegado, criança “morreu de tanto apanhar”; corpo foi enterrado perto de uma rodovia
Por Guilherme Gama da CNN
07/03/2024 às 16h02
| Atualizado em 07/03/2024 às 16h02
download
Reprodução Portal Michel Teixeira

A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu a mãe e o padrasto da menina Isabelle de Freitas, de 3 anos, que estava desaparecida desde segunda-feira (4), em Indaial (SC). Nesta quarta-feira (6) o casal abandonou a versão de que a menina teria sido sequestrada e confessou o crime.

Após agredirem a criança e perceberem que a menina estava sem vida, ambos colocaram o corpo da criança dentro de uma mala e enterrararam o corpo nas proximidades da rodovia BR-470, de acordo com a polícia.

O padrasto da menina indicou o local onde estava o corpo, que estava enrolado em um cobertor azul. O cadáver foi removido e submetido a exames necroscópicos. O delegado Filipe Martins, responsável pelo caso, aguarda laudos periciais para determinar a forma como a criança foi morta.

Para o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Ulisses Gabriel, Isabelle “morreu de tanto apanhar”. “Nestas oportunidades que reflito se escolhi a profissão certa. São muitas desgraças para absorver”, disse nas redes sociais. Vestígios de sangue foram encontrados no local do crime e também na residência do casal. Ao todo, 12 pessoas foram ouvidas pela polícia.

As imagens de câmeras de segurança de casas da vizinhança gravadas na segunda-feira mostram o momento em que o casal se livra da mala usada para transportar o corpo.

A investigação comprovou que as alegações do casal foram combinadas e não se sustentavam. O carro citado por eles como suspeito do suposto sequestro da criança foi identificado e os agentes concluíram que se tratava de um artifício criado pelo casal para tentar despistar a polícia e criar um cenário falso de crime.

O casal teve prisão temporária decretado pela Justiça

Publicidade

Destaques

Canarana MT, Polícia
Justiça em Canarana: Homem de 20 anos é indiciado por estupro e morte de bebê de sete meses
Polícia
Forças de segurança fazem trabalho minucioso para desvendar morte de filha de deputado, destaca secretário
Polícia
Ex-marido da filha do deputado Gilberto Cattani morta em MT se apresenta à polícia e é ouvido
Polícia
Polícia Militar frustra tentativa de homicídio e prende três pessoas em Barra do Garças
Outras Notícias
Workshop Produtor Rural do Sicoob debate futuro do agronegócio brasileiro
Canarana MT, Polícia
Acidente grave na MT-020 deixa vários feridos em Canarana

Publicidade

Notícias Relacionadas

fc28c31f5d4ea88420dc1a73f474e34d

Destaque

Justiça em Canarana: Homem de 20 anos é indiciado por estupro e morte de bebê de sete meses

19/07/24 18:49
19071749_WhatsApp_I

Destaque

Forças de segurança fazem trabalho minucioso para desvendar morte de filha de deputado, destaca secretário

19/07/24 16:48
19071156_62d145d2b1

Destaque

Ex-marido da filha do deputado Gilberto Cattani morta em MT se apresenta à polícia e é ouvido

19/07/24 16:38