quinta-feira, 13 de junho, 2024

Logo Jornal Folha do Araguaia

Medianeira (PR) – Aluno atira em colegas em sala de aula, atira na Polícia Militar e acaba preso

Na Delegacia o atirador relatou, de modo frio, que esperou a sala de aula fechar para dar início à ação, e que teria mais de cinco alvos e saiu de casa decidido a cometer o ato.
Por Guia Medianeira
| Atualizado em 01/10/2018 às 14h53
Um aluno entrou armado no Colégio Mondrone, efetuou disparos contra colegas de sala de aula, na manhã desta sexta-feira (28), em Medianeira.

Segundo as primeiras informações, dois alunos acabaram detidos pela Polícia Militar e conduzido à Delegacia da Polícia Civil e duas pessoas foram encaminhadas ao Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz, vítimas dos disparos, um com ferimento na perna e outro com ferimento nas costas na região lombar.

Na Delegacia o atirador relatou, de modo frio, que esperou a sala de aula fechar para dar início à ação, e que teria mais de cinco alvos e saiu de casa decidido a cometer o ato.

Além da arma, com o adolescente os policiais encontraram muitas munições, uma faca, bombinhas, e até uma bomba caseira.



Em entrevista o Sub Comandante da 2ª Cia da Polícia Militar de Medianeira, 2º Tenente Gois relatou como se deu o atendimento da ocorrência por parte da Polícia Militar.

Assim que a Polícia Militar foi informada da ocorrência, a primeira viatura rapidamente chegou ao local e os policiais adentraram ao colégio para abordagem

Segundo o tenente, dois adolescentes, um deles sendo o atirador, após balearem dois outros alunos, se esconderam em uma das salas de aula, momento em que os policiais chegaram.

Os militares deram voz de abordagem aos dois, que não foram acatadas, tendo inclusive o adolescente efetuado disparos contra os policiais. Os PMs então revidaram efetuando disparos de alerta, fazendo com que o atirador soltasse a arma. Com o outro adolescente os policiais localizaram uma faca.

Com eles os policiais ainda encontraram uma espécie de bomba caseira, feita com garrafa de álcool e aerossol, com bombinhas enroladas com fita.

Os dois adolescentes foram então detidos e encaminhados à Delegacia, enquanto que os dois alunos feridos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados ao Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz.

Após os fatos, a Polícia Militar se deslocou até as residências dos acusados, onde foram apreendidas outras armas.

PUBLICIDADE

No data was found