sexta-feira, 12 de abril, 2024

Logo Jornal Folha do Araguaia

Sicredi Araxingu chega a marca de R$ 2 bilhões em carteira de crédito

Carteira de crédito da Cooperativa Sicredi Araxingu cresceu 71% nos últimos dois anos, contemplando mais associados e promovendo maior desenvolvimento na região
Por Sicredi Araxingu
| Atualizado em 30/11/2020 às 18h55

A Sicredi Araxingu, instituição financeira cooperativa localizada nas regiões do Vale do Araguaia e Vale do Xingu, registrou avanço de 71% na carteira de crédito nos últimos dois anos. Atingiu R$ 1,847 bilhão em setembro deste ano, contra R$ 1,080 bilhão no mesmo mês de 2018. E em outubro de 2020, chegou à marca de R$ 2 bilhões em crédito.

 

“Esse aumento da carteira de crédito reforça o nosso compromisso com as comunidades onde estamos inseridos. Mais crédito significa mais associados contemplados, consequentemente mais desenvolvimento para as cidades onde estamos inseridos”, ressalta o diretor executivo da Sicredi Araxingu, Carlos Paes Machado.

 

É importante lembrar que, por ser uma instituição financeira cooperativa, que preza pelo desenvolvimento dos seus associados e a melhoria da qualidade de vida deles, quando o assunto é crédito, o associado tem à sua disposição consultores que vão ajudar na melhor contratação, para atender às necessidades do associado dentro de sua capacidade para evitar o endividamento. Cada caso é analisado, e isso é possível porque o Sicredi tem um relacionamento mais próximo com seus associados, conhece de perto as suas demandas e necessidades.

 

Essa proximidade é vivenciada pelo produtor rural Wilson de Lima Rolim. Morador do distrito de Santo Antônio do Fontoura, na cidade de São José do Xingu (a 951 km de Cuiabá), uma região que fica longe das grandes cidades do Estado, com dificuldades de comunicação, logística e outros tipos de infraestrutura importantes, ele viu no Sicredi a oportunidade de ser atendido por uma agência que estava na sua comunidade. “A agência mais próxima de onde eu moro fica a 80 km. Sempre trabalhei com bancos privados, mas agora, com o Sicredi perto de mim pude experimentar uma relação diferente, que atende minhas necessidades. Consegui uma linha de crédito com mais agilidade e o melhor, tenho participação nos resultados”, comenta o produtor rural, que é associado da cooperativa Sicredi Araxingu desde 2014.

 

“Oferecemos várias linhas de crédito para os associados”, diz o gerente de Negócios Agro, Phedro Phaulo Falcão Pereira. Ele afirma que, o Sicredi é a única instituição financeira na cidade de São José do Xingu com atendimento ao público agro. “Como é uma região muito distante, com acesso difícil a cartórios e outros órgãos, nos oferecemos para fazer vários trâmites para o associado, facilitando o dia a dia dele, e com uma relação de extrema confiança”.

 

Para o público agro, por exemplo, segundo Phedro, o Sicredi tem disponível crédito direcionado, regulamentado pelo governo federal (Plano Safra), e custeio o ano todo, com taxas de juros controladas pelo Banco Central, a partir e 4% ao ano para agricultura familiar, no crédito para custeio e investimento. Para médio produtor o juro é a partir de 6% a.a.

 

E foi por meio do Sicredi que o Wilson acessou recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do governo federal. Foi atendido pelo programa duas vezes e outras três vezes acessou recursos da cooperativa para custeio.  “O primeiro Pronaf eu contratei para comprar vaca leiteira, para aumentar a produção e melhorar a renda. O segundo, que peguei agora em outubro, foi para compra de vacas que estão começando a parir, o que tem deixado a atividade na propriedade bem intensa”, relata o associado.

 

“Para o produtor rural, além do crédito, a cooperativa oferece outros produtos para melhorar a atividade como seguro rural, consórcios, entre outros. Essas escolhas melhoram a qualidade de vida, geram emprego, renda e desenvolvem as comunidades”, acrescenta o diretor executivo, Carlos Machado.

PUBLICIDADE

No data was found