quinta-feira, 30 de maio, 2024

Logo Jornal Folha do Araguaia

Tenente-coronel é condenado à prisão por assediar policiais no Comando Regional de Vila Rica

..
Por Gazeta, em Olhar Alerta.
| Atualizado em 18/11/2022 às 12h56

VILA RICA – O Tenente-coronel da Polícia Militar de Mato Grosso, Joel Outo Matos foi condenado a 15 dias de prisão por assediar militares. Decisão foi proferida pelo Conselho de Justificação.

Conforme a determinação, assinada pelo governador em exercícios Otaviano Pivetta no Diário Oficial desta quarta-feira (16), a decisão foi proferida por unanimidade.

O episódio de assédio ocorreu em 2018, quando Joel estava à frente do 10º Comando Regional de Vila Rica (MT). Na época, o militar se tornou réu por pressionar colegas de trabalho a fazerem sexo com ele.

Ministério Público Estadual chegou a elencar depoimentos de 3 vítimas na denúncia, que seriam policiais abordadas pelo militar por meio de conversas no aplicativo de troca de mensagens WhatsApp.

Em uma das conversas, o militar pressionava a vítima apontando que teria intervido de forma positiva em sua carreira. “Tudo estava desenhado para você ir presa, ser mandada embora, perder sua estabilidade financeira, essa vida que você tem. Eu entrei na sua vida quer você queria quer não. Quero você”, diz trecho da mensagem.

Com as denúncias, o militar passou a ser alvo do Conselho de Justificação ainda em 2018. “Determinar que se notifique o interessado e seu defensor, se houver, pessoalmente, enviando-lhes o inteiro teor dessa decisão. Em seguida, cientifique a Secretaria de Estado de Segurança Pública SESP”, diz a decisão proferida nesta quarta-feira.

PUBLICIDADE

No data was found