quarta-feira, 29 de maio, 2024

Logo Jornal Folha do Araguaia

Filho de deputado, que matou a ex, exigia chamadas de vídeo para saber aonde ela estava

Carlinhos assassinou a ex e o atual namorado dela com vários tiros em Cuiabá
Por GAZETA DIGITAL
| Atualizado em 24/01/2023 às 10h19
Depois de matar a ex-namorada Thays Machado,44, e o atual namorado dela, Willian Moreno, 30, Carlos Alberto Bezerra alegou arrependimento e disse que agiu por conta de uma neuropatia decorrente da diabetes. Ele é filho do deputado federal Carlos Bezerra. Mas amigos e familiares da vítima relataram que o acusado sempre foi extremente ciumento durante relacionamento com a vítima. 

De acordo com um dos depoimentos dados à polícia, o ciúme dele era tamanho que uma das formas de controlar a vítima era ligar para a namorada por meio de chamada de vídeo para saber onde ela estava e com quem estava. O episódio se repetiu várias vezes, como também confirmou o irmão de Thays, Thiago Machado, em depoimento.

Na delegacia de Campo Verde, o irmão da servidora contou aos investigadores Thays já tinha relatado medo do então convivente. Segundo o relato, ele era ciumento e ficava agressivo, chegando a arrombar a porta do apartamento da vítima. 

"Ela confidenciou algumas vezes ter muito medo do Carlos Alberto, ela dizia que ele era extremamente ciumento e agressivo, ligava de vídeo sempre que ela saía e já chegou arrombar a porta de seu apartamento, quando terminaram ele também a perseguia, insistindo para retomar a relação", pontuou.

Em coletiva de imprensa, o delegado responsável pelo caso, Marcel Gomes, contou que um dos episódio de ciúmes aconteceu durante o trabalho de Thays, que era servidora do Tribunal de Justiça. Ele foi até o local e ameçou um dos colegas de trabalho dela.

O caso foi registrado em 2020. O homem agredido registrou um boletim de ocorrência para denunciar Carlos, que alegou não ter feito nenhuma ameaça contra ele. Como todo relacionamento abusivo, o de Carlos e Thays foi marcado "idas e vindas'". O último término entre eles aconteceu há pouco mais de um mês. 

Gentil e Caristmática

Yandra Siqueira, formada em Direito, teve o privilégio de aprender com a servidora durante um estágio realizado entre 2019 e 2020 na 7° Vara Criminal de Crime Organizado, onde ela era gestora. Thays era conhecida por seu jeito gentil e carismático. 

Ao Gazeta Digital, Yandra relatou que a forma acolhedora de Thays foi essencial para seu aprendizado e formação.

"Desde o primeiro momento em que obtive contato com ela, no início do meu estágio na secretaria, ela foi uma pessoa extremamente acolhedora, paciente e humana comigo, sempre com sorriso no rosto, uma pessoa muito querida e bem quista por todos ali. Me ajudou e ensinou tudo que precisava para que viesse a ter o devido conhecimento da matéria trabalhada ali no estágio", lembrou.

Thays Machado era advogada e professora de Direito do Trabalho em universidade particular de Cuiabá. Ela também estava no quadro de servidores comissionados do Tribunal de Justiça, lotada a 2ª Vara da Fazenda Pública do fórum de Várzea Grande. 

O caso

O casal foi morto enquanto esperava motorista de aplicativo em frente ao prédio Solar Monet, onde a mãe da vítima mora. Carlos seguia ambos durante o dia todo e esperava que saíssem do prédio.

Em vídeo, é possível ver o carro modelo Kwid dirigido pelo acusado. Ele passa, dá ré para se aproximar das vítimas e atira mais de 10 vezes. Cada vítima foi atingida por 3 tiros e morreu na hora.

O atirador fugiu e foi preso horas depois na fazenda da família, em Campo Verde. Carlos é filho do deputado federal Carlos Bezerra (MDB), que lamentou todo o ocorrido. 
 

PUBLICIDADE

No data was found