quinta-feira, 30 de maio, 2024

Logo Jornal Folha do Araguaia

Publicidade

Justiça mantém prisão de advogados e PM; uma vai a domiciliar

Alvos são investigados por intermediar comunicação com facção criminosa do interior de MT
Por Midia News
14/03/2024 às 15h10
| Atualizado em 14/03/2024 às 15h10
WhatsApp-Image-2024-03-13-at-12.57.11-PM
Da esquerda para a direita: os advogados Hingritty Mingotti, Jéssica Maróstica, Roberto de Oliveira, Tallis Evangelista e o PM Leonardo Qualio

A Justiça manteve a prisão de três advogados e um policial militar alvos da Operação Gravata, deflagrada na última terça-feira (12/03/24), suspeitos de participar de uma organização criminosa. Ainda determinou a a prisão da advogada Jéssica Daiane Maróstica.

Os alvos que tiveram as prisões mantidas foram as advogadas Hingritty Borges Mingotti e Tallis de Lara Evangelista, que passaram por audiência de custódia nesta terça-feira (12/03/24), em Cuiabá.

Já o advogado Roberto Luís de Oliveira e o soldado Leonardo Qualio tiveram a prisão mantida após audiência em Sinop.

O juiz plantonista Jean Garcia de Freitas Bezerra, 7º Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, apenas verificou a legalidade do ato, pois as prisões foram decretadas por outro juízo.

Já o juiz Anderson Clayton Dias Batista, da 5ª Vara da Comarca de Sinop, foi quem expediu os mandados e manteve a prisão de Roberto e Leonardo e converteu em domiciliar a prisão de Jéssica. O benefício dela é acompanhado de medidas cautelares.

A operação 

Os alvos foram presos preventivamente na terça, investigados pela pela Polícia Civil por integrarem uma organização criminosa.

Ao todo, foram oito ordens de prisão preventiva e oito de busca e apreensão, cumpridos em Sinop, Cuiabá, Várzea Grande e Itanhangá. Três dos alvos são líderes de uma facção criminosa e já estavam presos por outros crimes.

O objetivo é desarticular a organização criminosa, que conta com a atuação de advogados e de um policial militar, na intermediação da comunicação entre os líderes da facção e os demais integrantes, além da prática de crimes diversos.

Publicidade

Destaques

Outras Notícias
Frio não acabou! Temperaturas vão despencar nos próximos dias em Cuiabá
Outras Notícias
Mais de 46 mil estudantes da UFMT e do IFMT já foram afetados desde anúncio de greve
Política
Primeira-dama de Água Boa, Juliana Kolankiewicz é empossada Deputada Federal
Polícia
Motorista embriagado que atropelou e matou homem em rotatória em Água Boa é condenado a 14 anos de prisão
Canarana MT, Polícia
PJC identifica autores de furto a restaurante em Canarana
Outras Notícias
Inscrições para o Enem 2024 começam hoje

Publicidade

Notícias Relacionadas

BEBIDA

Destaque

Motorista embriagado que atropelou e matou homem em rotatória em Água Boa é condenado a 14 anos de prisão

29/05/24 10:32
24052024012819

Destaque

PJC identifica autores de furto a restaurante em Canarana

27/05/24 12:40
FOTO-VIDA-N

Destaque

Suspeito volta a invadir Casa Paroquial em Canarana pela segunda vez

27/05/24 11:55