quinta-feira, 30 de maio, 2024

Logo Jornal Folha do Araguaia

Moraes bloqueia contas de 43 empresas por financiar atos antidemocráticos; veja lista

O bloqueio de contas de 3 empresas de Água Boa e a maioria e do estado de mato grosso
Por Estadão Mato Grosso/Foto: Gilberto Leite
| Atualizado em 17/11/2022 às 16h01

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou o bloqueio de  contas bancárias de 43 empresas e pessoas físicas por financiarem atos antidemocráticos. As manifestações são realizadas desde 30 de outubro, quando o resultado do segundo turno sagrou a volta de Lula à presidência. A decisão contempla apenas as manifestações realizadas em Brasília.

Entre 43 pessoas jurídicas e físicas, 34 são de Mato Grosso. Confira a lista no final da matéria

A decisão é do último sábado, 12 de setembro.

Moraes  destaca que o deslocamento de caminhões a Brasília na última semana pode configurar de rompimento da ordem constitucional e crime de abolição violenta do Estado Democrático de Direito. Isso porque os manifestantes têm pedido intervenção federal ao protestar contra o resultado das urnas. Em Brasília, eles se reuniram nos arredores do Quartel General do Exército durante o feriado de 15 de novembro.

A decisão ainda levou em conta as informações levantadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), de que empresários estariam financiando os atos antidemocráticos fornecendo estrutura completa aos manifestantes, como refeições, banheiros, barracas e caminhões para reforçar os atos.

“O potencial danoso das manifestações ilícitas fica absolutamente potencializado considerada a condição financeira dos empresários apontados como envolvidos nos fatos, eis que possuem vultosas quantias de dinheiro, enquanto pessoas naturais, e comandam empresas de grande porte, que contam com milhares de empregados, sujeito às políticas de trabalho por elas implementadas”.

Ele ressalta que diante esse cenário exige uma reação para garantir a preservação dos direitos e garantias fundamentais e afastar a possível influência econômica na propagação de ideias e ações antidemocráticas.

“Assim, torna-se necessário, adequado e urgente o bloqueio das contas bancárias dos investigados, diante da possibilidade de utilização de recursos para o financiamento de atos ilícitos e antidemocráticos, com objetivo de interromper a lesão ou ameaça a direito”.

Veja a lista das empresas e pessoas físicas do estado que tiveram as contas bloqueadas:

1) VAPE TRANSPORTES LTDA – Água Boa MT

2) TRANSPORTADORA ROVARIS – Sorriso MT

3) TRANSPORTADORA LERMEN – Sorriso MT

4) TRANSPORTADORA CHICO LTDA – Sorriso MT

5) TIRLONI TRANSPORTES LTDA – Tapurah MT

6) SIPAL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA – MT

7) SINAR COSTA BEBER – MT

8) POTRICH TRANSPORTES LTDA – Sorriso MT

9) P A Rezende e CIA LTDA – Água Boa MT

10) MZ TRANSPORTES DE CARGAS LTDA – Sorriso MT

11) MURIANA TRANSPORTES LTDA – Nova Mutum MT

12) LLG TRANSPORTADORA LTDA – Sorriso MT

13) KNC Materiais de Construção – Nova Mutum MT

14) KADRE ARTEFATOS DE CONCRETO E CONSTRUCAO LTDA – Sorriso MT

15) HIDRAUMAQ LOCACOES E LOGISTICA – Sorriso MT

16) GAPE TRANSPORTES – Sorriso MT

17) FUHR TRANSPORTES – Sorriso MT

18) Fermap Transportes LTDA  – Sorriso MT

19) Edilson Antonio Piaia – MT

20) DRELAFE TRANSPORTES DE CARGA LTDA – Cuiabá MT

21) Diomar Pedrassani – MT (dono da Drelafe)

22) TRANSPORTADORA LERMEN – Sorriso MT

23) Comando Diesel Transporte e Logística – Rondonópolis MT

24) Ceramica Nova Bela Vista – Sorriso MT

25) CASTRO MENDES FABRICA DE PECAS AGRICOLAS EIRELI – Sorriso MT

26) CARROCERIAS NOVA PRATA LTDA – Sorriso MT

27) BERRANTE DE OURO TRANSPORTES LTDA – Sorriso MT

28) Assis Claudio Tirloni – Tapurah MT

29) ARRAIA TRANSPORTES LTDA – Sorriso MT

30) Argino Bedin – Sorriso MT

31) Alexandro Lermen – Sorriso MT

32) Airton Willers – Mato Grosso

33) AGROSYN INSUMOS AGRICOLAS – Sorriso MT

34) Agritex Comercial Agrícola – Água Boa MT

FOTO CAPA: Gilberto Leite | Estadão Mato Grosso

 
 
 
 

PUBLICIDADE

No data was found